Vagas por Email

Polícia Rodoviária Federal abrirá concurso com 216 vagas

images (1)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já definiu um cronograma para a realização do concurso de agente administrativo. De acordo com informações obtidas junto à comissão do processo seletivo, a publicação do edital está prevista para ocorrer em março, com aplicação das provas em maio. “Nosso interesse é realizar esse concurso da forma mais breve possível para que os aprovados possam ser convocados até junho”, disse o diretor da divisão de concursos da PRF, Alon da Costa Aragão, com exclusividade à reportagem do JC&E, no último dia 13.

 

No total, serão oferecidas 216 vagas, autorizadas pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) em 30 de dezembro de 2013. Para concorrer é necessário possuir ensino médio completo e a remuneração inicial do cargo corresponde a R$ 3.689,77, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 373. Os contratados cumprirão jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

 

No momento, o órgão está em fase de escolha da empresa organizadora. “Na última semana foram encaminhadas propostas para cinco organizadoras para saber quais possuem interesse em realizar o concurso e no decorrer dos próximos dias poderá  ser encerrado o processo para definir qual será a escolhida”,  ressaltou o chefe da divisão. 

 

A intenção é de que a escolha da banca ocorra de forma bastante rápida para que o concurso possa ser agilizado. Porém, de acordo com membros da comissão, no sentido de evitar contratempos em relação ao processo licitatório, os prazos contam com uma margem considerada aceitável, com limite até o início de abril para o lançamento do edital e junho para a aplicação das provas. A intenção inicial era realizar o processo licitatório até o final de janeiro, o que acabou não se concretizando.

 

Os membros da comissão também ressaltam que, por se tratar de ano eleitoral, serão feitos todos os esforços para que possa ser mantido o cronograma estabelecido. Acontece que para que os aprovados sejam nomeados ainda em 2014, o concurso deverá ser homologado até junho, uma vez que a lei eleitoral determina que no decorrer do segundo semestre somente poderão ser nomeados aprovados em seleções homologadas até três meses antes do primeiro turno das eleições.

Lotação das vagas – Segundo a comissão, o processo seletivo deverá contar com oportunidades para todos os Estados e a distribuição ainda será feita, mas a intenção é de que seja da forma mais igualitária possível.

 

Essa distribuição depende de estudos, no sentido de obedecer uma determinação do Ministério Público de substituir terceirizados. Desta forma, a prioridade será para as localidades que contam com esse tipo de contratação. As demais poderão ser distribuídas para todos os Estados, com aplicação de provas em todas as capitais.

 

O último concurso para o cargo ocorreu em 2012, sob organização do Cesp/UnB, com vagas apenas no Distrito Federal. A prova contou com 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Houve, ainda, a etapa de investigação social.

 

Recentemente, publicamos outras postagens que talvez seja do seu interesse. Baseado nesta vaga que acabou de ler, você também poderá se interessar por estas outras:

 

 

 


Deixe seu comentário



 
JOBSVagas no BrasilVagas em PortugalVAGASENVIAR VAGACONTATO